Nude

Henrique Pontual apresenta seu novo trabalho: Nude, uma  exposição no Centro Cultural Justiça Federal com 21 imagens desenvolvidas pelo artista, através de uma técnica pessoal de produção de imagens capazes de uma suavidade visual tamanha que parecem desenhos feitos a lápis sobre uma superfície branca.

 As imagens expressam uma nudez sem máscaras sociais que é e sempre será sinônimo de pureza, propondo uma autoanálise coletiva sobre o corpo e quebrando os paradigmas da moralidade que é substituída por um olhar amoroso e penetrante. Como resultado, as telas revelam nossas luzes internas por meio de sombras corporais externas. Assim como para Mario Margutti: “Ele nos pede um olhar livre, desarmado, um olhar também nu, na coragem do ato de ver...”

A excelência do seu trabalho possibilitou a este  pernambucano romper a tênue fronteira entre a arquitetura e a fotografia. Mais do que fazer um registro, ele é capaz de capturar a essência e revelar singularidade, tornando permanente tudo aquilo que é sensível aos olhos. Atualmente, desenvolve um amplo trabalho nas artes visuais, tendo como base o limite e a inconstância da luz, da forma e do movimento. Um intenso diálogo de cores, linguagens e texturas.

 Foto: Henrique Pontual

Foto: Henrique Pontual

Foto: Anny Soares

Foto: Karla Kalife

 


Foto: Karla Kalife